Vence quem sobreviver...

Sabe aquele livro que todo mundo está lendo e adorando, você lê diversas resenha cheias de elogios e todo mundo diz que este é o melhor livro do ano?? Então foram exatamente esses os comentários que eu ouvi sobre "Jogos Vorazes", resultado eu fiquei louca de curiosidade para ler esse livro.

Ele já chama a atenção pelo enredo, que se passa em um futuro indeterminado em que a América do Norte foi destruída por uma rebelião, desde então não existem mais cidades ou estados, mais sim distritos, são 12 distritos no total todos controlados pelo Capitol, que é uma espécie de capital, poderosa e cruel.

Todos os demais distritos passam por enormes dificuldades, e o povo chega a morrer de fome. Como uma forma de castigar o povo pela rebelião e para lembra-los que o Capitol controla tudo, todo ano acontecem os Jogos Vorazes, uma competição onde são sorteados 2 participantes de cada distrito, um menino e uma menina entre 12 e 18 anos para participar dos jogos. As regras são simples, os 24 participantes são jogados em uma arena até que reste somente um sobrevivente, enquanto tudo é televisionado.

A protagonista da história é Katniss, uma corajosa garota de 16 anos que desde a morte do pai trabalha duro para sustentar a irmã mais nova Prim e a mãe, ela mora no Distrito 12 o mais pobre de todos. No grande dia quando serão escolhidos os dois participantes dos Jogos Vorazes, Prim é sorteada e então Katniss se voluntaria para salvar a irmã. O outro sorteado é Peeta o filho do padeiro, que já esbarrou em Katnnis em algumas situações do passado.

Pela sinopse pode parecer que vai ser tipo "Jogos Mortais", cheio de matança, sangue e carnificina, mais não é bem assim, é claro que o livro tem seus momentos sanguinários mais eles acontecem na hora certa e sem exageros. Parece que a todo momento você espera que uma morte aconteça já que só um pode sobreviver.

Logo quando os jogos começam fica um pouco monótono porquer a Katniss está sozinha tentado conseguir comida, água e uma maneira de se esconder dos demais competidores, mais depois começam a aparecer inesperadas alianças, armadilhas, traições e novas regras que dão aquele gás ao livro e aí a coisa começa a ficar bem emocionante.

Mais o que eu mais gostei em "Jogos Vorazes" foi como ele mostra toda manipulação para transformar os jogos em uma grande atração, como os poderosos manipulam para que o jogo fique mais emocionante, e até os próprios participantes possuem "treinadores" que tentam melhorar a imagem deles para conseguir patrocinadores, aliás a própria Katniss atua de acordo com que o público quer ver, achei muito interessante esse lado do livro.

Bom "Jogos Vorazes" tem ação, aventura, sangue, morte, suspense, revolta, manipulação e até romance. Eu realmente gostei do livro, ele atendeu todas as minhas expectativas e eu super recomendo.

Lembrando que Jogos Vorazes é uma trilogia, o segundo livro se chama "Catching Fire" e ainda não foi lançado no Brasil... e esse é outro livro que já teve seus direitos comprados para o cinema, e rumores dizem que as gravações começam esse ano, mais não tem nenhuma notícia sobre o elenco, quando sair qualquer novidade eu posto aqui.

Surto da semana!!!

Segurem os corações... porque Becca Fitzpatrick anunciou hoje no Twitter e também em seu site oficial o nome do terceiro livro da serie Hush Hush...



"Finalmente! Eu estou estusiasmada em anunciar o título do terceiro livro da serie Hush Hush! Se você me segue no Twitter, ou se você é fã da minha página no facebook, você provavelmente já sabe do drama em torno desse título recentemente. A algum tempo eu decidi que Tempest não era o título certo para o livro, eu estive em busca de um substituto digno. Eu passei semanas pensando em títulos e, no fim, por uma razão ou outra, nenhum deles parecia o certo.

Eu sempre pensei que o título do terceiro livro deveria ser algo barulhento como crescendo deveria ser algo sendo construído . E que fizesse sentido, a história do terceiro livro é ousada e tão romântica. Razão pela qual eu fiquei surpresa de encontrar, no fim, um título que não é chamativo, ou barulhento ou culminante. Em vez disso, é uma palavra assombrosa, silenciosamente poderosa, cheia de mistério e beleza. Uma palavra que quer colocar dúvidas, medo e ansiedade. Uma palavra que é sinônimo de quietude, sigilo e tudo isso é esquecido.

O barulho entre Norah e Patch se foi nesse livro. Eles superaram os segredos do passado negro de Patch... uma ponte entre dois mundos irreconciliáveis... enfrentaram teste de cortar o coração sobre traição, lealdade e confiança... e tudo por um amor que transcende as barreiras entre céu e Terra. Armados com nada mais do que a absoluta fé um no outro, Patch e Norah entram em uma desesperada luta para parar um vilão que tem o poder de acabar com tudo o que eles conquistaram para viver esse amor eterno.

Com muito prazer eu dou a vocês o título do terceiro livro...

SILENCE."

O que eu achei desse nome??? Bom um minuto de silêncio para reflexão...

Silence será lançado nos EUA dia 18 de outubro, no Brasil nada de previsão... bjoos!

Caixa de Entrada #1

Hello pessoal, hoje estreia aqui no blog o Caixa de Entrada, onde eu vou mostrar todo mês tudo o que eu recebi, comprei, ganhei... etc.

Como esse é o primeiro eu vou mostrar tudo que tem de novo do meio de dezembro até hoje!!!




Bom, "Comer, rezar e amar" eu ganhei no Clube do Livro ES extra de dezembro, foi super legal fizemos um amigo X com todos os brindes que as editoras patrocinadoras mandaram, quem me tirou foi a Karina do Girl Spoiled e ela escolheu para mim (sem saber) esse livro.

"O Milagre" do Nicholas Sparks eu ganhei de natal do meu pai, eu já li e já resenhei ele aqui no blog, não poupei elogios, afinal eu ADORO todos os livros do Nicholas.

Também de presente de natal eu ganhei da minha tia um livro com 3 obras da Jane Austen, "Orgulho e Preconceito", "Razão e Sensibilidade" e "Persuasão" (o único que eu não li). Eu adorei esse presente porque eu amo a Jane Austen e ainda não tinha nenhum livro dela, e agora ganhei 3 de vez!

Como o natal foi bem recheado esse ano eu também ganhei "Gone - O Mundo Termina Aqui" do meu namorado, eu estava louca por esse livro e fiquei super feliz por ter ganho ele, também já tem resenha dele aqui no blog.




E por último mais não menos importante, eu comprei "Marcada" e "Traída" no submarino porque estava em uma super promoção, cada livro da série estava R$ 9,90 e se você comprasse mais de um o frete era grátis, como eu já li todos os livros de House of Night mais só tenho "Indomada" e "Escolhida", eu resolvi comprar os dois primeiros, agora minha coleção está quase completa.

É isso aí por enquanto. Bjoos.

Selinho


Ebaaaaaaaaa o blog ganhou um selinho muito lindo do Blog Três Estrelinhas . Devo dizer que eu adoro a Iza, a autora do blog e as resenhas dela são sempre maravilhosas, visitem vale super a pena:

Perguntinhas

Nome: Samantha... mais pode chamar de Sam!

Uma música: Ordinary People - Jon Legend

Humor: bom humor sempre... exceto quando eu estou de TPM.

Uma cor: lilás

Uma estação: inverno!

Como prefere viajar: fazendo muita bagunça!

Um seriado: Friends \o/

Frase ou palavra que você mais usa: tipo...

O que achou do selo: lindo :)



Bjoos.

Ser feio não é normal...

Imagine um futuro onde toda pessoa que completa 16 anos é obrigada a passar por uma cirurgia plástica que vai deixa-lá perfeita, isso mesmo PERFEITA, olhos, nariz, dentes, pele, cabelo... tudo lindo e na mais impecável perfeição.

Parece ótimo não é??? Bom nem tanto...

O livro "Feios" se passa em um futuro onde a tecnologia alcançou feitos incríveis e para acabar com a briga por beleza, todas as pessoas passam por uma cirurgia plástica ao completarem 16 anos que os proporcionam um corpo perfeito. Antes disso porém eles moram na Vila Feia, separados dos já perfeitos que por sua vez vivem uma vida de farra em Nova Perfeição. Tally é uma feia (feia significa ser normal) e faltam 3 meses para que ela complete 16 anos e se torne perfeita, porém ela conhece Shay, uma menina que tem planos que não incluem a perfeição.

Shay foge antes de fazer a operação e então Tally vai atrás da amiga como espiã, mais chegando na estranha cidade "Fumaça", ela conhece uma nova vida com pessoas que não se importam com a aparência, além de descobrir que a cirurgia plástica não muda só o corpo mais também a mente das pessoas.

"Feios" tem como base um tema bem clichê, os estereótipos de beleza, mais deixa questões importantes para reflexão, pois quando as pessoas se tornam lindas e perfeitas, elas também acabam sendo todas "iguais". Afinal onde vamos parar com essa ditadura da beleza em que vivemos?

No começo eu confesso que estava achando o livro meio estranho, muito futurístico e tal, mais ele foi me conquistando aos poucos e no final eu me vi torcendo pela Tally e fiquei totalmente envolvida pela história. Tem até um romance entre a Tally e o David mais ele não é o centro do livro, é que vocês sabem um casal não pode faltar.

Eu gostei de verdade, principalmente da criatividade do autor quando se trata das tecnologias do futuro... é cada coisa que chega a ser engraçado. Agora o que me resta é correr e ler "Perfeitos" a continuação do livro.

Mais uma dose de Nicholas Sparks

Mais um livro do Nicholas Sparks um dos meus autores preferidos, os romances dele são incríveis então eu já comecei a ler "O Milagre" sabendo que dificilmente eu não gostaria desse livro. E eu estava certa, mais uma vez o Nicholas Sparks conseguiu me emocionar.

Jeremy é um jornalista famoso por desvendar mistérios e fraudes sobrenaturais, ele recebe uma carta relatando misteriosas luzes que aparecem no cemitério da pequena cidade de Boone Creek. É nessa cidade que ele conhece Lexie, uma bibliotecária bonita, charmosa, desiludida com suas relações amorosas passadas e que não pensa em se mudar da cidade. Os dois se apaixonam e Jeremy tem que escolher entre voltar para sua vida agitada de Nova York ou largar tudo e se entregar a esse amor.

Esse livro segue a mesma estrutura dos outros romances do Nicholas, ele tem aquele jeito único de escrever que consegue te envolver, você fica torcendo pelo primeiro beijo do casal e para que eles se declarem logo. Diferente de "Querido John", "A Última Música" e "Diário de uma Paixão" que falam sobre o primeiro amor, esse é um romance mais maduro, os protagonistas estão na faixa dos 30 anos e já possuem um passado cheio de experiências, me lembrou um pouco "Uma carta de amor", mais isso não tira nem um pouco a magia da história.

Uma das coisas que eu mais gosto nos livros do Nicholas, é como ele consegue fazer as pessoas se apaixonarem em tão pouco tempo e tão profundamente. Jeremy e Lexie se apaixonam em apenas dois dias que mais parecem um mês, afinal ele escreve com uma riqueza de detalhes e explora muito bem os sentimentos de todos os personagens, e não tem como não se encantar com a construção desse amor.

Os personagens são bem estruturados, eu gosto particularmente de todos os protagonistas masculinos do Nicholas, e o Jeremy é incrível, charmoso e sarcástico na medida certa, já a Lexie me irritou em certas partes, ela é bastante insegura, mais isso é explicado pelo passado sofrido dela. Os demais personagens também são interessantes, os que recebem mais destaque são o prefeito da cidade e a Doris, que é avó da Lexie.

Enfim mais uma vez o Nicholas Sparks não me decepcionou e conseguiu me emocionar, já vou avisando que esse livro não é tão triste quanto os outros dele... mais vale muito a pena.

P.S: O Milagre já teve seus direitos comprados para o cinema, agora é esperar pra ver!!!

Alienígenas invadem a Terra...


Parece que vêm aí uma nova onda literária, depois dos vampiros e anjos, a ficção científica começa a ganhar as livrarias e também o cinema. Então eu resolvi fazer esse post sobre um livro que eu estou louca pra ler e que promete ser um grande sucesso também nos cinemas esse ano.

Em "Eu sou o número 4" - esse nome fica horrível em português - nove alienígenas adolescentes tentam se adaptar e se misturar aos costumes da Terra, depois que seu planeta, Lorien, foi destruído pelos Mogadorians (os alienígenas rivais), para salvar sua espécie da extinção. Eles são protegidos por um encantamento, eles só podem morrer se for pela ordem de seus números. Os três primeiros morrem, e então chega a vez do Número 4.

O filme tem Alex Pettyfer e a Dianna Agron (de Glee), afinal nem preciso dizer que aqui na Terra ele vai encontrar uma menina super bonita, inteligente, bla bla bla... eles vão se apaixonar e bla bla bla.

O livro vai ser lançado aqui no Brasil pela editora Intrínseca no início de 2011, lá nos E.U.A o segundo livro (claro que tinha que uma série) ainda não foi lançado, mais se chamará The Power of six.


Eu me interessei pela história e pelo elenco (porque será?), já entrou para a lista de livros que eu quero ler e de filmes mais aguardados.

O trailer é bem legal...




A estreia do filme esta prevista para 15 de abril.


Saudades do Brasil...

Eu conheci "Fazendo Meu Filme" quando a autora Paula Pimenta veio em Vitória divulgar o lançamento do terceiro livro, aí eu comprei o primeiro e me apaixonei. Esse é aquele tipo de livro simples e leve, que você lê em um dia sem fazer esforço nenhum, só porque você não consegue desgrudar dele.

O primeiro acaba deixando aquela sensação de que foi só o começo e muito mais está por vim, agora Fani está na Inglaterra para fazer intercâmbio durante 1 ano, isso mesmo, 1 ano longe da família, dos amigos e do Leo!!!

Como ela está longe do Brasil, as conversas através de emails e msn são presenças fortes, para nos manter informados sobre como andam as coisas por aqui. Já lá na terra da rainha muita coisas acontece, traduzindo: aparece um menino novo para tentar roubar o coração da Fani, o nome dele é Christian e ele é um fofo, sério me fez ficar completamente divida.

O que eu mais gosto em "Fazendo Meu Filme" é a forma como conseguimos nos identificar com os elementos brasileiros presentes no livro, afinal é bom ler aqueles coisas tipicamentes brasileiras que não encontramos nesses best sellers internacionais.

O livro mostra as dificuldades que uma pessoa enfrenta ao fazer intercâmbio, mais também as inúmeras vantagens e aprendizado que ele trás para vida. A Fani amadurece muito e não tem como não se envolver com as emoções dela, me deu uma saudade do Leo durante o livro, ele não aparece muito, mais como eu já disse novos personagens aparecem.

Esse livro, assim como o primeiro continua leve, delicioso e apaixonante... as frases de filmes no início de cada capítulo dão aquele toque especial... agora só me resta ler o terceiro e esperar pelo quarto!!!

Guerra pela sobrevivência...


Eu estava super afim de ler Gone, porque já tinha lido várias criticas positivas sobre ele e também porque a sinopse me deixou muito curiosa, afinal era bem diferente, viajante e interessante.

Tudo acontece na pequena cidade de Praia Perdida onde durante um dia aparentemente normal todas as pessoas com mais de 15 anos desaparecem misteriosamente, isso mesmo simplesmente desaparecem... tipo assim... puf!!!
Mais essa não é a única coisa estranha que acontece, algumas crianças começam a adquirir super poderes e os animas sofrem assustadoras mutações.

Parece louco? Muito viajante?

Sim, não dá pra dizer o contrário, ao decorrer do livro vão acontecendo cada vez mais coisas surpreendentes e loucas que pareciam impossíveis e isso foi o que achei mais legal, fazia tempo que não lia algo assim, já que atualmente as livrarias estão repletas de best sellers de amores impossíveis.

O protagonista é Sam que está as vésperas de completar 15 anos, o que pode significar sumir assim como todos os outros, ele tem uma queda por Astrid a menina gênio e junto com eles estão Quinn, o melhor amigo de Sam, Pete o irmão autista de Astrid e Edilio. Só que a cidade ainda está cheia de valentões e outras crianças misteriosas que viviam no internato de Praia Perdida.

O livro tem muita ação, confusão e mistério, eu fiquei louca para saber qual era o segredo do LGAR (é como elas passam chamar o lugar depois das loucuras que acontecem) e porque todo mundo tinha sumido, resultado... não consegui parar de ler, o final não me decepcionou e algumas coisas realmente me deixaram de boca aberta.

A maior sacada do livro são os "títulos dos capítulos, o primeiro capítulo começa com 299 horas e 54 minutos e esse número vai diminuindo em cada capítulo, é uma contagem regressiva, que desperta aquela ansiedade no leitor.

Gone me surpreendeu e conseguiu me prender até o minuto final, tem uma mistura de Lost com X-men para tentar explicar melhor, eu recomendo com certeza... principalmente se você quer fugir de vampiros e anjos!!!

A série Gone já possui 3 livros lançados nos E.U.A, Gone, Hunger e Lies, porém ainda serão lançados mais três livros Plague, Fear e o sexto e último se chamará Light.

P.S: EU PRECISO DO PRÓXIMO LIVRO AGORA CADÊ???

Poll

Followers

Ocorreu um erro neste gadget